Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação (CTIC)


O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação (CTIC) tem o objetivo de fomentar a pesquisa e o desenvolvimento ligados a áreas estratégicas para o Brasil. Criado pelo Governo Federal, atualmente tem a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) como sua incubadora.

Para desenvolver produtos e serviços inovadores na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), o CTIC está instituindo uma série de redes temáticas, equipes de pesquisa multi-institucionais que articulam diversos grupos interessados nas múltiplas abordagens de um tema.

Neste momento, as atividades co CTIC estão focadas no tema TV digital aberta. O Centro coordena as atividades das redes temáticas deste assunto, que estão desenvolvendo projetos de produtos e serviços a serem empregados no Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD).

No caso da TV digital, a infraestrutura que está sendo implantada pelo CTIC permite avaliar e desenvolver propostas de tecnologias e soluções inovadoras nas áreas de codificação, transmissão, recepção, acesso, interatividade, middleware, entre outros.

Histórico
O CTIC foi instituído para dar suporte administrativo e técnico ao Programa de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (ProTIC).

Criado pelo Decreto n.° 6.868, de 4 de junho de 2009, o ProTIC visa incentivar, apoiar, coordenar e avaliar atividades e projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovações na área de tecnologias digitais de informação e comunicação, em particular na promoção do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre – SBTVD-T. Também tem como objetivo incentivar ações voltadas para a formação de recursos humanos, bem como promover eventos técnico-científicos e programas de cooperações internacionais relacionados a esse tema.

O Grupo Gestor do ProTIC é formado por representantes do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT); Ministério das Comunicações (MC); Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC); Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); Casa Civil da Presidência da República; e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).